Tommy Associates Pty Ltd
Tommy Logo

Como lidar com críticas negativas de negócios on-line para um café, bar, loja ou restaurante

Biblioteca

Como se costuma dizer na indústria do entretenimento – não existe publicidade negativa. Semelhante a quando se trata de avaliações negativas, a única maneira de afetar negativamente nossos negócios é ignorá-las ou não abordá-las de maneira profissional.

Muitas vezes, críticas negativas podem surgir quando menos esperamos. Se é a primeira vez que você recebe uma avaliação negativa sobre sua empresa, isso pode ser doloroso ou deixá-lo sem saber o que fazer a seguir.

As avaliações são importantes para as empresas, como mostra a pesquisa de clientes:

  • 94% de consumidores afirmam que uma crítica negativa os convenceu a evitar um negócio (Rastreadores de revisão)
  • 38% de consumidores exigem uma classificação média de pelo menos 4 estrelas, sendo a média de 3,4 estrelas para considerarem o envolvimento com uma empresa (Pódio)
  • 63% dos consumidores dizem que usam o Google, 54% usam o Facebook e 32% usam o Yelp para rastrear avaliações sobre uma empresa (Local brilhante)

Empresas de alto desempenho concentram-se fortemente no atendimento ao cliente. Os gerentes veem as reclamações e avaliações negativas dos clientes como oportunidades para demonstrar seu serviço de alta qualidade, transformando problemas em oportunidades e clientes irritados em fãs leais e delirantes.

Ao ler este artigo, abordaremos:

  • Devemos responder a comentários negativos (e como).
  • Como transformar uma avaliação negativa em uma oportunidade de ouro para o nosso negócio.
  • Maneira de nivelar as avaliações negativas com as positivas.
  • O que causa críticas negativas e como analisá-las como uma oportunidade versus um problema.

Portanto, se somos um novo gerente ou proprietário querendo mudar o negócio, ou talvez recentemente recebemos uma crítica negativa e queremos saber o que fazer, este artigo o ajudará a navegar como manter nossa sanidade e transformar esse desafio em uma vitória.

Devemos responder às críticas negativas dos clientes?

Ao decidir responder ou não às avaliações dos clientes, a resposta é sempre sim! É assim que construímos relacionamentos que levam a clientes fiéis e podem resolver problemas de cabeça, em vez de deixá-los de lado onde o problema se agrava e piora à medida que os clientes não se sentem valorizados.

A pesquisa mostra que responder a avaliações negativas é crucial para inspirar a confiança dos clientes em nosso negócio.

  • 53% de clientes esperam que as empresas respondam às avaliações negativas dentro de uma semana. 1 em cada 3 tem um período de tempo mais curto de 3 dias ou menos (Rastreadores de revisão).
  • 56% de clientes afirmam que a resposta de uma empresa a uma avaliação mudou sua perspectiva sobre o negócio (Pódio).
  • Corremos o risco de aumentar a rotatividade de clientes em 15% quando não respondemos à avaliação (Medidor de bate-papo).

Quando se trata de avaliações negativas, é ainda mais importante abordá-las e respondê-las. Avaliações positivas também são boas para responder, pois mostram que apreciamos os clientes que dedicam seu tempo para apoiar nosso negócio e inspiram outros a fazer o mesmo.

Como devemos responder às críticas negativas?

Cruzando o caminho de um guerreiro do teclado pronto para lutar contra nossa imagem pública, podemos nos sentir atacados. Talvez por um momento queiramos colocar a cabeça na areia e ignorar isso? Não sabe como responder exatamente à avaliação? Vamos nos aprofundar em como responder a críticas negativas.

Ao responder a uma crítica negativa, lembre-se sempre:

  • Entrar numa batalha online com alguém que não conhecemos num espaço público está longe de ser uma boa ideia – especialmente se estivermos representando uma empresa.
  • Lutar para provar nosso ponto de vista e que estamos certos pode acabar custando a nós/nossos negócios mais clientes do que se não disséssemos nada.
  • Mesmo que queiramos apoiar nossa equipe (ou a avaliação fosse sobre nós), certifique-se de manter sempre um nível de profissionalismo que reconheça o que aconteceu sem apontar dedos ou culpar.
  • Oferecer um sincero pedido de desculpas com uma resolução, bem como abordar o problema que temos ou estamos resolvendo, é um sinal de força e honestidade.

Como transformar uma avaliação negativa em uma experiência positiva para o cliente

Se tratados com sabedoria, até mesmo clientes ou avaliações ruins podem ser um trampolim para novos clientes. Como? Executando atendimento ao cliente excepcional e resolução de conflitos

A Forbes compartilhou seu top dicas sobre como lidar com avaliações negativas de clientes em experiências positivas dos clientes:

  1. Certifique-se de agir e responder prontamente – é público para o mundo ver.
  2. Post-it (mesmo que seja negativo) para ajudar a construir a confiança de nossos clientes.
  3. Use-os como uma experiência de aprendizado.
  4. Mostre que estamos ouvindo – podemos aprender muito mais com o feedback negativo do que com o positivo.
  5. Abrace os odiadores.
  6. Vamos provar que eles estão errados através de nossas ações – não de palavras.
  7. Ofereça algo tangível ou específico.
  8. Use uma crítica negativa como motivo para pedir aos clientes e funcionários que inundem nosso negócio com críticas positivas.

Além disso, podemos oferecer recompensas como cartões-presente ou outros prêmios aos clientes através de nossas redes sociais para deixar comentários positivos caso precisem de inspiração.

O que causa críticas negativas?

Na era digital, os clientes têm grandes expectativas em relação às empresas e ao seu atendimento ao cliente devido ao aumento nas opções de qualidade, à concorrência e às lojas franqueadas que estabelecem um padrão elevado para as empresas locais tentarem igualar.

Avaliações negativas podem ser direcionadas a:

  • A equipe e o serviço.
  • A comida, cozinheiros e cardápio.
  • O gerente e seu atendimento ao cliente – talvez eles tenham levado algo para o lado pessoal sobre sua personalidade ou como lidaram com uma situação e não gostaram.

Avaliações negativas podem acontecer quando:

  • Alguém está tendo um dia ruim e acidentalmente cruza com alguém que está tendo um dia ruim.
  • Um membro da equipe já está pensando em pedir demissão, o que reduz seu dever de cuidado e qualidade do trabalho.
  • Nossa equipe cometeu um erro honesto, preparou a bebida incorretamente ou simplesmente esqueceu alguma coisa.
  • Nossa equipe demorou mais do que o cliente esperava para entregar a comida.
  • Nossa loja estava mais movimentada do que o normal, mas eles esperavam o mesmo atendimento de qualidade.
  • A preferência pessoal do cliente difere daquela que o cozinheiro criou, trocando uma refeição tradicional e os ingredientes.
  • O cliente pode ser a causa do problema, não estar disposto a resolvê-lo e querer culpar outra pessoa (talvez ele estivesse até embriagado ao escrever o comentário).

Concluindo: avaliações negativas de clientes são uma oportunidade que beneficia nosso negócio

Se adotarmos a abordagem, uma avaliação negativa pode ser usada como uma oportunidade para melhorar o nosso negócio e aumentar a sua reputação (em vez de destruí-lo), podemos suavizar o golpe e a preocupação usando qualquer uma das seguintes táticas para transformar algo negativo em algo positivo.

Ao lidar com uma crítica negativa, talvez considere isso como um sinal para:

  • Retreinar ou substituir determinados funcionários.
  • Organize uma reunião de equipe para discutir abertamente o problema e obter ideias sobre como garantir que isso não aconteça novamente.
  • Atualize a qualidade do atendimento ao cliente, ingredientes, apresentação ou serviços prestados.
  • Substitua equipamentos ou práticas desatualizadas.
  • Renove a loja ou talvez substitua os assentos antigos.

Muitas vezes, as avaliações negativas podem levar ao lançamento de novos produtos ou serviços. Esse foi o caso da Dominos, que fez toda uma campanha admitindo o quão ruim era sua pizza, o que incluiu a atualização para ingredientes premium. Eles pediram aos clientes que ajudassem a criar sua nova linha de pizzas e, ao poderem personalizar seus pedidos, criaram buzz e conquistaram novos clientes fiéis.

Portanto, vire essa carranca de cabeça para baixo, Charlie Brown, pois não vamos fechar as portas – na verdade, poderemos ser capazes de expandir nossos negócios a partir desta revisão. É melhor usá-lo como um alerta para fazer aquelas mudanças necessárias e atrasadas que adiamos e que acabarão beneficiando a todos e aprofundando a fidelidade de nossos clientes.